quarta-feira, 27 de maio de 2009

Lista de Prêmios 4

Desculpem a demora para postar mais prêmios, mas estive bastante ocupado nos últimos dias. Bom, essa lista aqui vai ter um detalhe especial para mim, por um motivo que vocês já vão entender. Portanto, vamos aos prêmios!

LOBO ALPHA, de Helena Gomes


Texto retirado do site da editora Rocco:

"Lobo alpha, de Helena Gomes, é um livro repleto de aventura e suspense, totalmente antenado com o universo jovem de hoje. Com ilustrações em forma de história em quadrinhos assinadas por Alexandre Barbosa, o Bar, o livro dialoga com outras manifestações culturais jovens como mangás, seriados de TV e cinema, além, é claro, das próprias HQ
.

É o terceiro livro da jornalista e escritora Helena Gomes, e narra a saga de Wolfgang, um rapaz que faz parte de um clã - as criaturas -, seres humanos com poderes de mutação que vivem anonimamente em toda parte. Wolfgang tem o poder de se transformar em lobo e nada pode fazer contra a sua sina de criatura, mas, apesar de ser o mais fraco e insignificante do clã, acaba salvando a vida de Amy, uma jovem que, sem saber, carrega um segredo capaz de definir o futuro das criaturas. Juntos, eles descobrem traições, enfrentam inimigos poderosos e vivem um romance repleto de grandes aventuras ao redor do mundo.

Com uma narrativa densa e envolvente, Lobo alpha tem linguagem cinematográfica e mexe com questões importantes para o público jovem como identidade, medo do desconhecido, curiosidade, riscos e, também, amor. No livro, o fantástico se mistura aos sentimentos comuns do dia-a-dia de qualquer adolescente, e a identificação com o universo da cultura pop reafirma o pacto com o leitor jovem, prendendo a sua atenção do início ao fim."

Obs: Este livro, assim como os dois próximos (Código Criatura e Assassinato na Biblioteca) foram gentilmente cedidos pela Editora Rocco! Agora deixa eu falar algo aqui, sem demagia, apenas a verdade: sou fã dessa editora! Acho que eles fazem sempre um trabalho primoroso, a linha "Jovens Leitores" é de uma qualidade ímpar. Foi muito agradável constatar a educação com que atenderam meu pedido (mas por favor, não vão lá pedir livros pra eles, né gente? Eles doaram pelo concurso, rs). Além disso, é bom ver que mesmo uma editora grande (eles publicam Harry Potter!) dá atenção para seus leitores, preocupando-se em participar de concursos como este, que visam divulgar um gênero literário tão importante, mas que sofre tanto preconceito. Enfim, palmas pra Rocco!

Links para mais informações (como os próximos dois livros são da mesma autora, os links servem para eles também) :

Site da Editora

Site Oficial da Escritora

Blog da Escritora


CÓDIGO CRIATURA, de Helena Gomes (continuação de Lobo Alpha)

Também retirado do site da editora:

"As mutantes estão de volta e correm sério perigo! Aventura com boas doses de suspense esperam os jovens leitores no eletrizante Código Criatura, aguardada continuação de Lobo Alpha, da jornalista, escritora e professora universitária Helena Gomes. Sintonizado com a multifacetada linguagem da juventude dos dias de hoje, o livro trava um diálogo com TV, cinema e mangás ao fundir texto com HQ (história em quadrinhos) em ilustrações assinadas pelo chargista e desenhista Alexandre Barbosa, o Bar.

Wolfang é um rapaz que se transforma em lobo. No passado, ele fora o Ômega do clã, o mais fraco e insignificante do grupo, e, portanto, desprezado por seus iguais. Mesmo assim, surpreendentemente, Wolfang arriscou sua própria vida para salvar Amy do cruel alemão Blöter e do debochado irlandês Cannish – lobos como ele, porém, a serviço da gana assassina do Alpha Wulfmayer. No entanto, é a coragem, e não a força, que define um herói.

Agora, além de novo Alpha do clã – o mais forte e importante dos lobos –, Wolfang também precisa ser o guardião de Amy, afinal, ela é a chave para salvar toda a raça mutante. Improvável filha de uma humana com um lobo, Amy é um milagre fabuloso da mestiçagem carregando em seu sangue um inigualável dom de regeneração: ela é uma Derkesthai! Como tal, era capaz não só de curar, como também tinha o poder de unir as criaturas contra seus arqui-inimigos, os caçadores.

Após anos de ostracismo, eles voltaram a caçar de verdade e nada poderia impedir sua sede de perseguição, sangue e morte – a aniquilação de todos os clãs de mutantes. Um vírus mortal, liberado impiedosa e sadicamente, era a arma dos caçadores para dar cabo das criaturas. Wolfang, o lobo branco, está ao lado de Amy para que ela possa cumprir sua missão e destino. Porém, a força da Derkesthai começa a ser dividida de maneira inesperada e decifrar o Código Criatura torna-se uma ação premente para atingir o caminho da salvação – antes que seja tarde! – neste thriller com espírito de HQ de tirar o fôlego do início ao fim."

Observação pessoal: estou com esse livro aqui em casa, e a capa é fantástica! As fontes são douradas, coisa linda de se ver!


ASSASSINATO NA BIBLIOTECA, de Helena Gomes

Texto retirado do site da Rocco:

"Prepare-se para se surpreender. Assassinato na biblioteca, o novo romance juvenil da escritora e jornalista paulista Helena Gomes, autora de Lobo Alpha, entre outros, é uma bem costurada trama de ação e suspense que prende a atenção do leitor do início ao fim. Mas não é só isso. Com um enredo que vai e volta no tempo, o livro conta uma história de mistério que beira o sobrenatural, no ritmo das narrativas policiais, mas oferece mais do que puro entretenimento: para decifrar o assassinato da bibliotecária do tradicional colégio onde estuda, em Santos, no litoral paulista, o jovem Igor se envolve num intrincado quebra-cabeças e acaba descobrindo muito sobre um período negro da história do Brasil: a ditadura militar.

Novo na cidade, sem conseguir aceitar a morte do pai e o novo casamento da mãe, Igor é o típico adolescente-problema. Em casa, vive trancado no quarto; na escola, tem dificuldade para se integrar com os colegas e passa a maior parte do tempo sozinho na biblioteca, para fugir da chatice das aulas. É justamente numa de suas manhãs na biblioteca vazia, quando na verdade deveria estar em sala, que Conceição, a bibliotecária, é assassinada. O cenário é perfeito para incriminar o menino desajustado. Para provar que não é o assassino, Igor conta com a ajuda de Lara, uma menina-fantasma que mora na biblioteca da escola, local onde foi assassinada, em 1970, período negro do regime militar, quando tinha apenas 14 anos.

Alternando-se entre o crime ocorrido há 38 anos, quando Lara ia encontrar o irmão mais velho, estudante de filosofia da USP envolvido com o movimento estudantil, para entregar-lhe dinheiro para fugir, e os assassinatos que se sucedem à morte da bibliotecária, a trama surpreende o leitor com conexões inesperadas entre os fatos e os personagens a cada capítulo. A história familiar de Igor, a ligação entre a família de Lara e a de Gustavo, padrasto do garoto, a extravagante diretora Eunice, o sinistro vigia da escola, Gilmar, a bondosa e observadora irmã Mariana, professora de português há décadas, o solitário professor de filosofia Luiz, o prestigiado jornalista Henrique Sobral e o delegado Beltrão, todos estão mais envolvidos com as mortes ocorridas no Colégio Santa Maria do que Igor jamais poderia supor.

Com reviravoltas a todo momento, Assassinato na biblioteca é um romance eletrizante que leva o jovem a refletir sobre a história recente do país, mostrando como a tortura e a repressão modificaram as vidas de milhares de pessoas. A autora aborda ainda questões que povoam o universo adolescente, como as dificuldades de relacionamento nas novas estruturas familiares, enquanto envolve o leitor numa atmosfera de suspense que tem um pé na realidade e outro na fantasia, demonstrando grande habilidade narrativa para se comunicar com os jovens. Não pode faltar em nenhuma biblioteca!"


Três exemplares do livro ANACRÔNICAS, de Ana Cristina Rodrigues

"Anacrônicas – Pequenos Contos Mágicos, é o primeiro livro publicado da escritora, reunindo obras espalhadas ao longo dos anos em diferentes websites e blogs.
Ana passeia pelo gênero da fantasia/realismo fantástico com muita variedade em contos sucintos, que trafegam desde a fantasia contemporânea de autores como Neil Gaiman (influência confessa da autora, que está presente como epígrafe no livro – “O mundo sempre parece mais brilhante quando você acaba de criar algo que antes não estava lá” – como também pela revisitação do mito arturiano no conto “A Dama de Shallot”. A medievalidade e a influência histórica – e não custa dizer, a autora é historiadora formada na UFF, com Mestrado em História Moderna e atualmente está fazendo o doutorado em História Medieval na mesma universidade – está também presentes em contos como “Os Olhos de Joana” e “Feitiço sem Nome”, mas há também local para o intimismo cotidiano em “Borboleta”, “Viagem à Terra das Ilusões Perdidas” e “O Mapa da Terra das Fadas”. Há um pouco de tudo no universo de Ana Cristina Rodrigues.
O livro terá 90 páginas ao custo de R$ 20,00, contando com um prefácio do importante escritor de ficção científica Octávio Aragão, autor de A Mão que Cria e do universo conjunto Intempol. São vinte contos que trafegam no tempo, no espaço, e mais importante do que tudo, no imaginário."

Obs. Os três livros foram gentilmente doados pela autora, Ana Cristina Rodrigues!

Links:

Blog da Autora

Página que informa o e-mail para compra

Fantastik


HYPERFAN - CINCO ANOS DE FANFIC, vários autores

"Os fan fictions ganham cada vez mais espaço na Internet, especialmente aqueles dedicados a personagens dos quadrinhos. E um dos principais sites brasileiros dedicados ao tema acaba de completar cinco anos com uma novidade: o livro Hyperfan: cinco anos de fanfic.

Com um acervo de mais de 500 fanfics, a maioria ambientada num "universo compartilhado", no qual personagens da Marvel e da DC coexistem (embora também possua espaço dedicado a personagens de outras editoras, de outras mídias - como cinema ou literatura e até para criações originais).

No Hyperfan, há uma comunidade de escritores e editores, decidindo sobre os textos e a cronologia do site de forma democrática.

O livro pode ser comprado a preço de custo ou pode-se fazer seu download gratuitamente no site. Não há, contudo, histórias com personagens de terceiros, mas sim a criação de um "universo ficcional" inédito, baseado no mesmo espírito que permeia a criação dos fan fictions.

Esse universo ficcional, além de ter seu ponto de partida no livro, continuará a ser desenvolvido no site, em espaço próprio, e aberto à participação de todo e qualquer leitor/escritor.

Além dos contos que compõem o universo ficcional, há um pequeno histórico sobre os fanfics no Brasil e no mundo. As ilustrações ficaram a cargo do desenhista JJ Marreiro e o prefácio foi escrito pro Fernando Lopes, primeiro editor-chefe do site e atual editor da Marvel/Panini no Brasil."

Obs. Abra gentilmente doada por Marcelo Galvão, um dos autores!

Link:

Site Hyperfan


Três assinaturas da SCARIUM MEGAZINE, do editor Marco Bourguignon


A Scarium Megazine, para quem não conhece, é o seguinte: um misto de zine com revista de alta qualidade, belas capas, impressão caprichada. Mas o melhor são os autores. Basta entra no site (link abaixo), clicar na capa de qualquer uma das edições passadas, e verificar o time de escritores consagrados presentes em cada edição! Ah, não só escritores consagrados, mas também iniciantes criteriosamente selecionados pelos exigentes Marco Bourguignon (editor) e Giulia Moon (organizadora dos especiais de terror). Aliás, tenho o orgulho de dizer que já publiquei quatro contos em edições passadas da Scarium (para mais informações, clique aqui), e mais orgulho ainda em dizer que a primeira edição que os vencedores receberão em suas casas (número 25) também conta com uma história minha! Portanto, o tio Mario aqui oficialmente inicia sua participação mais pessoal nos prêmios oferecidos aos autores, rsrsrs! Mais informações sobre a edição 25 podem ser lidas clicando aqui!

Mas enfim, cada edição é uma verdadeira antologia de contos, em sua maioria escritores profissionais (vários escritores que estão doando livros para este concurso já participaram da Scarium). Se considerarmos o preço módico de oito reais por edição, podemos concluir que cada número é um livro quase de graça! Concluindo, eu recomendo, rsrs.

Obs: as assinaturas foram gentilmente doadas por Marco Bourguignon, editor da revista. Ah, deixa eu contar como foi meu pedido: mandei um e-mail bem cara-de-pau, pedindo uma revistinha de doação, talvez três, se não fosse muito incômodo... Daí o Marco me manda um e-mail perguntando "posso até atender seu pedido, mas não seria melhor oferecer três assinaturas da revista como prêmios?". HAUAHAUA, quase caí duro, tive que mandar um e-mail pra ele confirmar que estava oferecendo três assinaturas, não três revistas! Era bom demais pra ser verdade, mas acreditem, é verdade, rs. Cada assinatura oferece quatro revistas, portanto, é um prêmio bem mais generoso que apenas uma revista para cada.

Links:

Site da Scarium Megazine

Informações sobre a Scarium 25

Loja Virtual

Blog da Scarium


Blog de um dos autores, ou seja, eu! HAUAHAU!!!

E por enquanto é isso. Abraços, a próxima lista será a última (e também será especial para mim, aguardem!).

Um comentário:

  1. a história "assassinato na Biblioteca é verdadeira?

    ResponderExcluir